domingo, 11 de agosto de 2013

O jardim branco no Jornal Opção de Goiânia

Meu conto "O jardim branco" no Jornal Opção de Goiânia:

http://www.jornalopcao.com.br/posts/opcao-cultural/o-jardim-branco

“A mulher é cheia de pretensões e na sua cabeça germinam apenas futilidades, diz conhecer o abismo dos homens, enquanto sua alma não passa de um porão cheio de quinquilharias”

4 comentários:

Samuel Peregrino disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Samuel Peregrino disse...

Acabei de ler seu conto aqui no trabalho que chego sem muitas pretensões. Peguei o jornal Opção na bancada da recepção e pus-me a folhear descontente com as milhares de páginas propagandistas. Passe pelas cartas dos leitores, críticas tolas sobre o filme do Super-homem como se ele devesse mesmo existir, não só na cabeça luminosa do Nietszhe, passei por centenas de colunas de críticas de estagiários em Literatura... e pouco a pouco ia desistindo de toda essa perda de tempo e antes que jogasse o jornal ao lixo, na última página (Graças a boa Deusa) descobri você! Ou melhor, esse conto que me deu um novo alívio para o dia, já que sou um comedor de palavras e as suas, comi de bom grado e com um sorriso contente, como menino de barriga cheia! Sou mais um leitor teu. Parabéns pelo conto. Há tempo não nada assim!

Anônimo disse...

Visite nossa Página -

http://loucosporsacanagem18.blogspot.com.br/2013/05/esposinha-corna-mansa-vendo-o-maridao.html?zx=4a3ba4f0e5e83a79

Grande abraço!

Braga e Poesia disse...

Marcia da mulher tenho apenas desejo, mas você como mulher sabe o que diz, mas conteúdo a parte, ler seus textos é uma viagem sem destino, onde o caminho é uma intrigante outra viagem e suas palavras faz da vida sonho e a busca de uma relação sem dono e sem dogma, antes labuta dor, felicidade e força.